4 de nov de 2008

Crescendo no Espírito

Podemos definir o termo “crescimento” como ato ou efeito de crescer. A palavra crescer fala de aumentar em volume, grandeza ou extensão. Aumentar em estatura ou altura. Aumentar em intensidade, força ou ímpeto. Aumentar em duração. Aumentar em número ou quantidade; multiplicar. Tornar-se mais longo. Nascer e desenvolver-se.
Assim, crescimento espiritual é algo que precisa acontecer na vida do cristão. Este crescimento espiritual tem que ser algo natural.

Textos bíblicos que falam de crescimento:
- “Antes, crescei...” – II Pedro 3:18.
- “Desejai ardentemente...” – I Pedro 2:2
- “Seguindo a verdade em amor, cresçamos...” – Efésios 4:15.
- “A vereda do justo...” – Provérbios 4:18.
- “Prosseguir em conhecer...” – Oséias 6:3
- “Esquecendo-me...” – Filipenses 3:13.

Observe que para o apóstolo Paulo o que importava era avançar – ele estava determinado a crescer mais e mais.
Quando lemos o texto de Oséias devemos entender que o “conhecer” não deve se resumir em possuir informações a respeito, mas ter intimidade que se evidencia na adoração, no estilo de vida e na lealdade a Deus.
Para crescer na vida espiritual o cristão precisa buscar experiências em Deus. Através das experiências com o agir de Deus em nossa vida, experimentamos crescimento. Em todas as áreas da vida a experiência é muito importante. Não se vive apenas de teoria.

Alguns textos que falam em experiências com Deus:

- “Provai e vede...” Salmos 34:8;
- “Fazei prova de mim...” Malaquias 3:10 e Mateus 7:8;
- “Aquele que me busca...” Jeremias 29:13.
- “Clama a mim...” Jeremias 33:3.
Outra coisa que o crente precisa fazer neste processo de buscar crescimento para sua vida espiritual é fazer “morrer” o seu “eu”.
Textos que falam sobre o assunto
- Em João 3:30 vemos que é necessário que “Cristo cresça em nós”.
- João l5:5 fala que precisamos de Cristo pois “sem Ele nada podemos”.
- Mateus l6:24 convida-nos a renunciarmos a nós mesmos.


Precisamos avançar. Para nós o que importa é crescer. Aquilo ou aqueles que não crescem, naturalmente atrofiam! Atrofiado lembra algo decadente, debilitado, enfraquecido e que não se desenvolveu. Infelizmente muitos cristãos vivem desta forma.
Precisamos estar atentos às muitas distrações ou tentações da vida. Quem está numa corrida não pode se distrair – Hebreus 12:1-2 e I Coríntios 9:24-25.
Os cuidados deste mundo. As preocupações com as riquezas e os desejos ímpios, são distrações e empecilhos ao crescimento espiritual.

É preciso esquecer-se das coisas que atrás ficam – Filipenses 3:14-14.

Vamos avançar, vamos crescer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Pessoal todos estão autorizados a deixar o seu comentário do conteúdo deste Projeto e assim que puder estarei lendo e se possível respondendo.
Fiquem com Deus!