24 de jun de 2009

Jovens da A.D.B - Pq. Jaraguá interpretando Life House.



Se quiser nos levar para Apresentar em Cogressos, Cultos, Entre outros é só nos ligar no Telefone: (14) 9118-0616

Cantora Ana Louvando ao Senhor



ESTE CANTORA É UMA BÊNÇÃO...
CONTATO: (14) 9118-0616
NÃO IRÁ SE ARREPENDER...

Liderança em Equipe

8 de jun de 2009

Cantor Helder Fernandez da ADB do Jaraguá



ESTE CANTOR É UMA BÊNÇÃO...
CONTATO: (14) 9118-0616
NÃO IRÁ SE ARREPENDER...

7 de jun de 2009

Teatro da ADB do Parque Jaraguá



Contato para apresentar em congressos, cultos, entre outros: (14) 9118-0616

6 de jun de 2009

Confirmado... Agosto em Bauru... Soraya Moraes...

Estudo sobre Apocalipse - 8ª Parte

Carta à Igreja de Laodicéia

Apocalipse 3:14-22

“Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

Exegese

Versículo 14: “Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:”

Nosso Senhor veio a esta terra e obedeceu a Deus Pai até a Sua morte, para cumprir a vontade do Pai. Em outras palavras, Ele obedeceu todos os mandamentos com um “Amém”, se era a vontade de Deus. Nosso Senhor é o servo fiel do Reino de Deus Pai e a verdadeira testemunha, que testificou de Si mesmo como Filho de Deus e Salvador. Nosso Senhor é o Deus da criação do princípio.

Versículo 15: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente!”

Deus repreendeu o servo da Igreja de Laodicéia por sua fé morna. Este servo merecia a ira de Deus. Se a fé de alguém é morna diante Dele, a pessoa deve tornar isso claro, fazendo sua fé quente ou fria. A fé que Deus quer de nós é aquela claramente definida, se é quente ou fria. Esta fé clara é também um requisito absoluto na crença do evangelho da água e do Espírito.

Quando se crê em Deus, existem dois tipos de crentes. De um lado, temos aqueles que crêem que o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho e que não há nenhum outro. Por outro lado, temos aqueles que crêem que existem outros evangelhos, além do evangelho da água e do Espírito. E a fé deste último é apenas morna.

Eles pensam que é suficiente crer em Jesus e que não há necessidade em discernir entre o verdadeiro e o falso evangelho. Alguns deles até mesmo pensam que Jesus não é o único Salvador, mas que a salvação também pode ser encontrada em outras religiões deste mundo. Assim como essa, a fé do servo da Igreja de Laodicéia também era morna, sem qualquer separação clara entre o verdadeiro e os falsos evangelhos – não há nenhum outro evangelho, apenas o da água e do Espírito. É por isso que este servo trouxe aborrecimentos para Deus e atraiu a Sua ira.

Versículo 16: “Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca.”

Nosso Senhor Deus pede uma fé clara de Seus servos. Nós devemos compreender que Deus não aprecia a fé que não é fria nem quente. Quando cremos no Senhor, portanto, devemos claramente guiar nosso coração pela medida da Palavra de Deus e permanecer firmes na Sua vontade, crendo nela. Aqueles que nasceram de novo também devem permanecer claramente no lado do evangelho bíblico, da água e do Espírito, e enfrentar aqueles que espalham outros evangelhos que não este verdadeiro evangelho. Deus nos fala que, se os justos não permanecerem neste lado claro da fé, irá vomitá-los. Onde, então, está a sua fé?

Versículo 17: “Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;”

Aqueles cuja fé no Senhor é morna crêem que a sua fé é boa e, então, permanecem esquecidos da pobreza da sua fé. Porque o servo da Igreja de Laodicéia também foi envolvido por esta fé morna, ele falhou em compreender como realmente estava miserável. Para ter uma fé clara e definitiva, portanto, era preciso enfrentar as provações e perseguições pela verdade, e atravessar a batalha da fé contra os mentirosos. Apenas assim ele poderia perceber o quão coitado, miserável, pobre e nu estava. Nós todos devemos ter uma fé clara diante do Senhor.

Versículo 18: “aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas.”

Deus falou para o anjo da Igreja de Laodicéia para refinar a sua fé. O Servo daquela Igreja deve reconstruir os fundamentos da sua fé, no evangelho da água e do Espírito, e ser vestido com uma veste de completa justiça. Também deve olhar para si mesmo, retornar e redefinir claramente a sua fé. Ele deve guardar a sua fé em perseverança e, assim, aprender e cumprir sua esperança pelo refinamento da sua fé.

Você também deve atravessar uma pesada opressão e perseguição pelo evangelho da água e do Espírito, o evangelho da verdade dado por Deus. Apenas assim pode perceber quão preciosa é a verdade do evangelho da água e do Espírito. Você já quebrou a sua própria justiça humana para guardar a justiça de Deus, recebida através do evangelho da água e do Espírito? Aqueles que já quebraram a justiça humana sabem quão preciosa e abençoada é a justiça de Deus. Você deve compreender que sem a sua fé, que confia no Senhor, sua vida se tornaria simplesmente miserável. Portanto, você deve aprender com a fé que o Senhor deu para Seus servos antes de nós e cobrir a vergonha da sua falta de fé.

Nós não devemos esquecer o fato de que é um sacrifício aprender a fé verdadeira. Ela é aprendida pelo andar de fé dos precursores espirituais passo a passo, por isso devemos pagar o preço do sacrifício. Devemos, também, estar prontos para perder as coisas do mundo, por causa da construção do Reino do Senhor e para o avanço da nossa fé, e para abrir mão de todas as coisas pelo Senhor.

Versículo 19: “Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te.”

O Senhor repreende e castiga aqueles que conhecem e crêem no Seu amor, se a sua fé é sem obras. Aqueles que são amados pelo Senhor, portanto, devem trabalhar duro para Ele e seguí-Lo com a verdadeira fé.

Versículo 20: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”

Aqueles que se tornam servos de Deus compartilham suas vidas com Ele, em alegria ou tristeza. Aqueles que trabalham para o Senhor vivem crendo na Palavra do Senhor e, através da sua fé, nosso Senhor sempre cumpre todas as Suas obras.

Versículo 21: “Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono.”

A verdadeira fé é ganha ou perdida, dependendo se a pessoa está pronta ou não para abraçar o martírio. Aqueles que lutam contra Satanás, pela crença na Palavra do Senhor, receberão vitória e serão glorificados por Ele. Os santos e os servos de Deus estão sempre engajados na batalha espiritual contra Satanás. Nesta batalha, eles sempre podem vencer pela crença na Palavra do Senhor. Aqueles que vencerem em sua luta contra Satanás serão glorificados com o Senhor.

Versículo 22: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

Os santos devem sempre ouvir a voz de Deus e seguir a liderança do Espírito Santo. Quando fazem isso, sua fé se torna daqueles que andam com o Espírito Santo e a vitória espiritual será sempre deles.

Estudo sobre Apocalipse - 7ª Parte

Carta à Igreja de Filadélfia

Apocalipse 3:7-13

“Ao anjo da igreja em Filadélfia escreve: Estas coisas diz o santo, o verdadeiro, aquele que tem a chave de Davi, que abre, e ninguém fechará, e que fecha, e ninguém abrirá: Conheço as tuas obras—eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, a qual ninguém pode fechar—que tens pouca força, entretanto, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome. Eis farei que alguns dos que são da sinagoga de Satanás, desses que a si mesmos se declaram judeus e não são, mas mentem, eis que os farei vir e prostrar-se aos teus pés e conhecer que eu te amei. Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra. Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

Exegese

Versículo 7: “Ao anjo da igreja em Filadélfia escreve: Estas coisas diz o santo, o verdadeiro, aquele que tem a chave de Davi, que abre, e ninguém fechará, e que fecha, e ninguém abrirá:”.

O Senhor reina sobre o Reino do Céu como Rei de todas as coisas. Ele é Deus com absoluta autoridade e poder – O que Ele abre ninguém pode fechar e o que Ele fecha ninguém pode abrir. O Senhor é o Deus perfeito que veio a esta terra e libertou os pecadores de todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. O portão do Céu só pode ser aberto com a chave do evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Nada mais pode abri-la, pois tudo o que pertence a este Reino depende do nosso Senhor Deus.

Versículo 8: “Conheço as tuas obras—eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, a qual ninguém pode fechar—que tens pouca força, entretanto, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.”

O Senhor abriu a porta do evangelismo através da igreja de Deus. Assim, ninguém pode fechar a porta sem a permissão do Senhor. Os santos devem portanto se apegar à sua primeira fé até o final, quando o Senhor retornar. Este é o tipo de fé que os servos de Deus e Seus santos devem ter. A sua fé não deve ser do tipo cujo início é grande, mas que o fim é a morte. Eles devem guardar a primeira e imutável fé que o Senhor deu a eles.

A fé dos santos é a fé no evangelho da água e do Espírito, que crê no fato de que o Reino do nosso Senhor virá para esta terra e para o Novo Céu e Nova Terra, e que todos viveremos neste Reino para sempre. Os santos devem se apegar a essa fé até o dia que se encontrarem com o Senhor.

O servo e os santos da Igreja de Filadélfia tinham pouca força. Eles também tinham muitas fraquezas. Contudo, o mais importante, eles guardaram a Palavra de Deus e não negaram o nome do Senhor

Versículo 9: “Eis farei que alguns dos que são da sinagoga de Satanás, desses que a si mesmos se declaram judeus e não são, mas mentem, eis que os farei vir e prostrar-se aos teus pés e conhecer que eu te amei.”

Deus disse que Ele traria alguns dos falsos crentes e os deixaria de joelhos, para que soubessem o quanto Deus realmente amava a Igreja de Filadélfia, uma Igreja Dele.

A passagem “Sinagoga de Satanás, desses que a si mesmos se declaram judeus e não são” se refere aos Judeus que achavam que estavam glorificando a Deus com sua fé. Mas muitos deles, na verdade, não estavam. Pelo contrário, tinham se tornado servos de Satanás e estavam atrapalhando a Igreja de Deus e Seus santos.

Nós precisamos perceber que hoje, como antes, muitos daqueles que clamam o nome de Jesus e O adoram também se tornaram servos de Satanás, sendo usados pelo Diabo como seu instrumento. Deus mostrou um amor particular ao servo da Igreja de Filadélfia, a quem Ele amou e usou como Seu vaso de honra.

Versículo 10: “Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra.”

Em particular, o Senhor elogiou o servo da Igreja de Filadélfia por guardar o Seu mandamento de perseverar. Sem este tipo de paciência especial, de fato, nós não podemos esperar pelo cumprimento de todas as promessas da Palavra de Deus. Para guardarmos o Seu mandamento de perseverar, devemos ter fé absoluta na Palavra de Deus. Por sua perseverança, o Senhor deu à Igreja de Filadélfia uma recompensa especial. Esta recompensa especial veio na forma de guardar a Igreja de Filadélfia na hora da provação. A hora da provação aqui se refere ao impedimento do Anticristo.

Versículo 11: “Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.”

Porque o retorno do Senhor é iminente, os santos devem defender e guardar a sua fé no evangelho da água e do Espírito. Eles também devem crer e aguardar em sua esperança pelo Novo Céu e Nova Terra prometida por Deus. Os servos de Deus devem estar com os santos e guardá-los de perder sua fé, para que a recompensa de Deus não seja roubada deles.

Versículo 12: “Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome.”

Aqueles que vencerem Satanás integrarão a coluna dos mártires. Seus nomes serão escritos no Santo Templo do Reino de Deus. Mesmo agora, eles estão sendo usados como grandes trabalhadores na igreja de Deus e continuarão a ser usados como instrumentos pelo Senhor.

Versículo 13: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

Aqueles que têm ouvidos para ouvirem a Palavra de Deus são os servos de Deus e Seus santos. Eles ouvem o que o Espírito diz, através da Igreja de Deus. Assim, os servos de Deus e Seus santos devem permanecer dentro da igreja que Ele os deu e devem proteger e defender esta igreja.

Estudo sobre Apocalipse - 6ª Parte

Carta à Igreja de Sardes

Apocalipse 3:1-6

“Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Isto diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as estrelas: Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto. Sê vigilante, e confirma o restante, que estava para morrer; porque não tenho achado as tuas obras perfeitas diante do meu Deus. Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei. Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram as suas vestes e comigo andarão vestidas de branco, porquanto são dignas. O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas.”

Exegese

Versículo 1: “Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Isto diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as estrelas: Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto.”

O Senhor tem os sete espíritos de Deus e as sete estrelas. A Igreja de Sardes tinha muitas fraquezas em sua vida de fé. Deus advertiu a Igreja a viver pela fé. Deus disse aqui ao servo da Igreja de Sardes, “você tem um nome que vive, mas você está morto”. Assim, Deus quis dizer que a fé do servo da Igreja de Sardes estava morta para todos os fins práticos.

Versículo 2: “Sê vigilante, e confirma o restante, que estava para morrer; porque não tenho achado as tuas obras perfeitas diante do meu Deus.”

O Senhor não permitiu mais que o anjo da Igreja de Sardes continuasse na infidelidade. Ele repreendeu a Igreja porque ela vivia sem a fé completa na Palavra de Deus. Para os santos, não viver suas vidas crendo inteiramente em toda a Palavra escrita de Deus é como viver cometendo pecados diante da presença de Deus.

Mesmo quando são fracos, se os santos vivem pela fé na Palavra de Deus, eles serão exaltados diante de Deus e dos homens. Para nos tornarmos santos cuja fé é completa, nós devemos viver nossas vidas crendo e seguindo a Palavra de Deus, que nos tornou totalmente santos.

Versículo 3: “Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.”

Os santos e servos da Igreja Primitiva tinham que fazer imensuráveis sacrifícios para ouvir e guardar o evangelho da água e do Espírito. O Senhor, portanto, falou para eles não perderem a sua fé neste precioso evangelho da água e do Espírito, o evangelho que custou tantos sacrifícios e até mesmo as suas vidas inteiras para recebê-lo. Os crentes devem demonstrar claramente a sua fé e suas obras para Deus guardando com firmeza este evangelho da perfeita salvação da água e do Espírito.

Aqueles que são salvos devem sempre lembrar como primeiramente ouviram e creram no evangelho da água e do Espírito, vivendo suas vidas em agradecimento pela graça da salvação. Os santos nascidos de novo e servos devem sempre compartilhar o quão grande e abençoado é o evangelho que receberam do Senhor. Caso contrário, eles permanecerão no lugar dos tolos, não sabendo quando o Senhor retornará a esta terra.

Versículo 4: “Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram as suas vestes e comigo andarão vestidas de branco, porquanto são dignas.”

Todavia, o Senhor nos diz que a Igreja de Sardes ainda tinha alguns crentes que, não tendo contaminado as suas vestes, estavam firmes em sua fé. O Senhor também diz que estes santos fiéis viverão como servos de Deus, que, revestidos de Sua justiça, andarão com o Senhor. Eles poderão andar com Deus, porque sua fé foi digna de andar com Ele.

Os santos cuja fé é aprovada por Deus seguem ao Senhor por onde Ele os guie. O fato de eles não terem contaminado suas vestes significa que, confiando na Palavra do Senhor, eles não se renderem às coisas do mundo. Aqueles que foram revestidos com as vestes da justiça pelo evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor se apegam com firmeza à Sua Palavra e não têm compromisso com o mundo. Eles desenham, em outras palavras, uma clara linha de separação dos falsos evangelhos.

Aqueles que foram vestidos de branco pela crença no evangelho do Senhor trabalham para o Seu evangelho e vivem uma vida nesse mundo de quem anda com Ele. É por isso que o Senhor está sempre com eles, pois sempre O seguem pela crença na Sua Palavra.

Versículo 5: “O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.”

Aqueles que vencerem o mundo pela crença na Palavra de Deus viverão eternamente, vestidos na justiça de Deus como Seus santos e servindo às obras de Deus. O Senhor também aprovará a sua fé e escreverá seus nomes no Livro da Vida, e estes nomes não serão apagados para sempre.

A Palavra da promessa do nosso Senhor nos fala que, aqueles que têm a verdadeira fé, certamente triunfarão em sua batalha contra os inimigos de Deus. “O que vencer será assim vestido de vestes brancas.” As vestes brancas aqui significam a vitória na batalha da fé contra os inimigos de Deus. Aos vencedores da fé é dada a benção, pela qual seus nomes não serão apagados do Livro da Vida para sempre. E seus nomes também serão escritos na Nova Jerusalém. “Confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos anjos”. “Confessar” aqui significa que o Senhor aprovará a sua fé.

Versículo 6: “Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas.”

Aqueles que têm a verdadeira fé sempre ouvem o que o Espírito Santo diz a eles através de Suas igrejas. Assim, eles vivem com Deus e são constantemente guiados pelo Espírito Santo.