13 de fev de 2009

(Tema 12) FILMES

"Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos". (Provérbios 4:23)

O tema deste estudo é uma necessidade em função da naturalidade com a qual os adolescentes e jovens atuais lidam com ele. Se você procurar a palavra “filme” numa concordância bíblica não vai achar nada. A vida seria mais simples se Deus tivesse escrito um mandamento a respeito disso. Isso acontece em muitas facetas da cultura popular, a Bíblia nem sempre dá todos os detalhes. Estamos constantemente rodeados de comerciais e músicas e livros e arte e roupas; todas essas coisas refletem tendências e idéias populares. E precisamos saber como um cristão deve responder a esses apelos.

O escritor Stephen R.Lawhead enfatiza a necessidade de discernimento: ser crítico e exigente ao escolher os elementos da cultura popular nos quais gosta de participar. Ele salienta a necessidade de “escolher coisas que nos servem de benefício, que elevam, que enobrecem, encorajam e que servem de inspiração assim como entretenimento”. De uma maneira diferente, a Bíblia diz a mesma coisa. Leia Filipenses 4:8.

Quando lê um livro ou assiste a um filme, você sabe que aquilo não está acontecendo de verdade, mas suspende sua descrença de propósito, para que possa desfruta-lo. É por isso que a maioria das pessoas assiste a filmes. Gostam do suspense de um mistério, ou de uma bonita imagem, gostam de surpreender-se com os efeitos especiais ou com um diálogo inteligente, ou simplesmente rir e chorar com os personagens do filme. Basicamente, os filmes fazem sucesso porque lhe oferecem uma fuga emocional. As emoções podem ser fortes, ternas, excitantes, tristes ou amorosas. A maioria dos filmes é dirigida a um público específico.

Não existe filme neutro. Todos ensinam alguma coisa, boa ou ruim. Como vivemos no reino das trevas, a probabilidade de que haja mais coisas ruins do que boas é muito maior. Mesmo que haja coisas boas, a mistura é perigosa. A ruim destruirá a influência da boa, tornando-a ruim também. Por trás de cada filme existe uma mensagem. E quer queira quer não, a mente a absorverá. E uma vez ali gravada, influenciará o comportamento, a postura e a linguagem. As pessoas desta geração são tremendamente influenciadas pela mídia. Elas falam, agem e pensam muito mais do que imaginam, refletindo o que assistem na TV e no cinema.

Para um cristão, não deveria ter muita importância se a trama do filme é monótona ou não. O que deve importar mesmo é a mensagem. Jesus não contava parábolas para entreter, e sim para comunicar uma mensagem.

"Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele". (Romanos 12:2)

Somos transformados pela contemplação. Depende de nós se vamos tentar contemplar apenas as coisas que Deus gostaria que contemplássemos. Através da constante comunhão com Ele, Deus nos levará na direção certa. Cada vez que tiver que tomar uma decisão em relação a algum filme, ore sobre isso!

Fonte: Bíblia on line

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Pessoal todos estão autorizados a deixar o seu comentário do conteúdo deste Projeto e assim que puder estarei lendo e se possível respondendo.
Fiquem com Deus!