23 de mar de 2010

Atriz visitou o Haiti e descreve tragédia como ironia do demônio


"Vi o demônio gargalhando" diz a atriz após visita ao Haiti

Recém-chegada de uma viagem ao Haiti, a atriz Maitê Proença foi ver de perto como anda a vida no país devastado por um terremoto. “Tudo me surpreendeu, é o último grau da degradação humana. Vi o demônio gargalhando.” Ela foi ao Haiti a convite da ONG Expedicionários da Saúde, que tem cuidado dos órfãos da tragédia para captar imagens para um documentário. Em entrevista ao jornal Diário de São Paulo ela dá mais detalhes. Confira:

DIÁRIO: Você acaba de voltar do Haiti. Como foi visitar o país devastado pelo terremoto?

MAITÊ PROENÇA: Fiquei numa cidade separada de Porto Príncipe porque lá não é possível prestar serviço algum. Está tudo devastado. Entrei nas favelas e em muitas casas destruídas.

DIÁRIO: Qual foi a passagem mais marcante?

MAITÊ PROENÇA: Tudo me surpreendeu , é o último grau da degradação humana. Lembro de uma mãe que me puxou pelo braço para mostrar seu bebê de dois meses com a perna amputada e também de pessoas se alimentando de biscoitos feitos de barro e excrementos, já que o esgoto corre a céu aberto.

DIÁRIO: A experiência te mudou de alguma forma?

MAITÊ PROENÇA: Ainda não dá para saber. Mudamos com a vida. Mas, eu vi o demônio gargalhando. É como se aquilo tudo fosse uma grande ironia do demônio.

DIÁRIO: O que te motivou a visitar o país?

MAITÊ PROENÇA: Ajudo a ONG Expedicionários da Saúde. Surgiu a oportunidade e não consegui ficar de braços cruzados, lendo pelos jornais. Sou uma pessoa que viaja muito. Não sou de ficar em casa no meu conforto. Quando saio de férias, não vou a lugares como Nova York.

DIÁRIO: O que pretende fazer com o material captado no Haiti?

MAITÊ PROENÇA: Temos um projeto ainda embrionário de transformá-lo num documentário. Quero exibi-lo no “Saia Justa” e também na Globo. Seria ótimo fazer um “Globo Repórter”.

DIÁRIO: Suas opiniões costumam suscitar fortes reações. A mãe de Marcelo Silva, ex-marido de Susana Vieira, ameaçou processá-la depois de um comentário seu no programa “Saia Justa”. Os portugueses também se ofenderam com um vídeo que você postou na internet. Acredita que dizer o que pensa tem um preço alto?

MAITÊ PROENÇA: Aparentemente, pessoas menos esclarecidas entendem o que querem, enxergam sempre um aspecto destrutivo das coisas. Acho que é tédio com a mediocridade da própria vida. E hoje, com o YouTube e outros recursos, essa gente pequena consegue arrastar um mar de desavisados pra seus mundinhos. Adulteram, reeditam materiais. Tudo vale.

Data: 16/3/2010 10:16:38
Fonte: Diário de São Paulo

Um comentário:

  1. Olá, Gostei Muito Do seu Blog. .. Parabéns pelo Post!

    Prazer sou o Cristian, dono do Blog http://quemderaserpoeta.blogspot.com/

    O Blog foi criado para a junção e a transmissão de idéias sobre um mesmo assunto: O AMOR DE DEUS!

    Será que poderíamos fazer uma parceria? Eu divulgo seu link ou banner no meu blog e tu divulgas o meu?

    Caso queira uma Parceria para poder levar o nome de Jesus Cristo mais além, entre em contato por email...

    smoothrage@hotmail.com

    Venha Nos Fazer uma Visita, e se gostar nos siga!

    Obrigado! :D

    Fique com DEUS!
    A Paz!

    ResponderExcluir

Olá Pessoal todos estão autorizados a deixar o seu comentário do conteúdo deste Projeto e assim que puder estarei lendo e se possível respondendo.
Fiquem com Deus!